ANELISMO

Destacado

Hi girls!!!!

Hoje vou falar de moda, direcionada a acessórios.

Eu costumo dizer que, se bem escolhido, o acessório faz toda a diferença em um look, principalmente se este for básico e você souber quebrar o “óbvio”, com aquele que seria um coadjuvante… Assim funciona, com bolsas, sapatos, lenços, e “jóias”, que é sobre o que vou falar, hoje.

Poderia falar de colares, pulseiras, relógios, brincos, mas vou falar sobre anéis, já que em minhas últimas produções e no meu dia a dia tenho usado muiiiitoooo. O ANELISMO é um mix de anéis, que mistura cor, tamanho, modelo…. usados todos juntos de uma só vez. Tem quem ame carregar muito, mas tem que prefira não arrojar tanto e eu me encaixo nesse último perfil. Prefiro usar, no máximo 3 anéis em cada mão e de preferência que eles tenham uma coerência entre cores e pedras.

O ANELISMO, não é uma moda e sim um estilo, um truque, uma característica da personalidade de quem usa… enfim, pode e deve ser usado, independentemente de moda.

Busquei umas fotos inspirações e outras minhas, para vocês terem alguma ideia do que quero falar.

acessórios-muitos-aneis-4

acessórios-muitos-aneis-2Percebam que os estilos se misturam ou não, indo dos modelos mais arrojados, aos mais delicados. Como usar, você vai decidir e arriscar… saberá se acertou, apenas se usar e sentir-se bem, pois no ANELISMO, não existem regras.

EU USO

a 00320170517_14001020170525_180125

Essas são algumas das minhas escolhas e vocês podem perceber que são misturas discretas, comparadas as imagens inspiração, mas não passam desapercebidas. Outro detalhe é que amo de paixão os anéis de falange, eles dão muito charme a composição sem exageros.

Todos esses anéis que estou usando, são da ViviLavi Semijóias. Descobri a pouco e estou amando o trio “belo + bom + barato”. Fica me Blumenau, o instagram (@vivilavisemijoias).

ESPERO QUE TENHAM CURTIDO MAIS ESSA DICA.

KISSES

Anúncios

LINGERIE À MOSTRA

Destacado

Quem me acompanha, nas redes sociais, já deve ter percebido que nos últimos eventos que fui, estava usando peças de lingerie à mostra, para compor o meu look.

Essa moda não é de agora, já esta “rolando” a pelo menos um ano, mas eu confesso que resisti um pouco, pois tinha receio de ficar “vulgar” ou até mesmo “cool em excesso”. Um outro detalhe é o fato de usar poucos decotes, então vi a chance de investir nessa tendência quando o frio chegou e ai pude agregar a produção com peças invernais, por cima.

A 3 anos, quando a Maitê tinha 31 dias e ainda mamava, fui ao casamento da minha irmã, com uma camisa branca de organza transparente e usei um sutiã preto, contrastando, por baixo, então era dessa forma que usava a até então, “não tendência”.

foto 2-19

OUTRA TENDÊNCIA FORTE QUE VEM COM TUDO É A SAIA DE TULE, E USEI NESSE CASAMENTO. DESCULPEM A FOTO, MAS FOI A ÚNICA QUE CONSEGUI TIRAR SEM QUE A MAITÊ NÃO ESTIVESSE MAMANDO. RSRSRS

Existem várias maneiras de arriscar e usar, seja por cima de uma T-shirt, com uma T-shirt recortada deixando o sutiã aparente, por cima de uma camisa clássica, com um blazer mais decotado… o boddy fica perfeito com saias e calças, com ou sem casaco. Vale arriscar e deixar o paradigma da vulgaridade dar lugar ao fato de que a mulher atual é forte, sem neuras e antenadas, mas claro que com muitoooooo bom senso e dentro do seu estilo, pessoal. Por isso tantas opções para o uso dessa moda.

20170504_153720201704131265320246

DEPOIS QUE DESCOBRI A LOJA ENCANTOS ÍNTIMOS, AQUI EM BLUMENAU, COMECEI A VER A LINGERIE COM OUTROS OLHOS. O BODDY E O SUTIÃ SÃO DE LÁ.

E agora algumas fotos inspiração.

BEIJOS BEIJOS MEUS AMADOS SEGUIDORES.

CLOCHARD – TENDÊNCIA

Destacado

Olá meninas, hoje mais um post sobre tendência e lançamento do meu Ateliê L’éclat.

CLOCHARD é a bola da vez e essa moda foi tendência forte, nas décadas de 80 e 90. Eu tive o prazer de usar e confesso que amooooo quando uma moda, da época em que vivi volta. É como se fosse uma nostalgia, um revival, uma sensação boa de que eu ainda estou aqui e posso voltar a usar “coisitchas” que eu gostava.

Bom, chega de lero lero e vamos falar das caracteristicas e de como usar essa tendência.

O clochard é aquela peça, seja ela saia,short ou calça, que fica solta nos quadris e franzida na cintura, geralmente por um cinto ou faixa. Tem a vantagem de esconder certas gordurinhas nos quadris e coxas. Na versão calça, lembra muito a carrot pant ou calça cenoura, pois elas afunilam nas pernas e são mais curtas.

A clochard é um modelo super versátil e pode ser usado com uma variedade de calçados e blusas. O seu estilo particular,seja ele clássico ou street style, irá definir o que fica melhor, se com blusa cropped, se com camisa solta ou amarrada na cintura, se com t-shirt básica ou um tricot mais despojado. Nos pés a escolha, também é livre…  use Sneakers, scarpins, anklo boots, sapatilhas, slip-on…

Aqui esta o primeiro modelo clochard 2017, do Atêlie L’éclat. Short em couro sintético que usei com o cós dobrado e um pouco mais abaixo da cintura, como uma outra opção. Montei o look, com outro lançamento e tendência, a blusa gola alta manga raglan, em veludo.

Esse look você pode pedir, pelas minhas redes sociais ou por email, em outras opções de cores.

BAB_0218

BAB_0226

BAB_0274BAB_0262

BAB_0313BAB_0327

Bolsa Olivia prata envelhecida e Scarpin marinho salto sino da Capodarte

Relógio Fossil e Pulseira e anel Pandora

INSPIRAÇÕES

drew-cal-Ca1226375_lookbook2TNG-1_20120524_0943

blog-perfila-como-usar-calça-clochard-tipscomo-usar-calça-clochard

KISS KISS KISS

ATÉ BREVE

ACESSÓRIO DE MODA

 

Que eu sou apaixonada por lenços, isso não é novidade para ninguém, que me conhece e me segue. Aliás, no meu canal do You Tube você pode encontrar alguns vídeos super bacanas, que ensino a usar esse acessório, na de cabeça, nas bolsas  e até um vídeo deliiiciiiaaa da minha it baby Maitê  arrasando com seus turbantes feitos com esse hit.

Agora o que se tem visto muito nas passarelas e nas ruas é a volta do lenço amarrado no pescoço, bem à moda parisiense e retrô. Não são os tradicionais lenços grandes usados como echarpes, embora continuam, mas não são novidades pra ninguém .São os lenços de seda ou de algodão menores e amarrados com “nózinho borboleta” grudado ao pescoço.

12772937_1174488982562093_1813378500_o

12527702_1174488992562092_236407683_n (1)

12767664_1174488999228758_1853657785_n12736236_1174489009228757_774664558_n12789633_1174485719229086_626690263_o (2)

A outra tendência que me lembra a década de 90, porque usei muito, são as coleiras de tecido, hoje chamadas de Chocker. Esta já estava sendo usada, desde a temporada passada, mas em materiais como o metal. Com a chegada da nova temporada, o frio pede um material que ajude a aquecer o pescoço, sem cair na mesmice. Então que tal dar lugar a esse acessório em tecido?! Pra deixar o look ainda mais elegante aposte nas combinações monocromáticas.12789773_1174485509229107_1664799397_o

12788319_1174486325895692_1711187889_o12789641_1174485475895777_1539833146_o

Essas duas fotos abaixo são Chocker’s da coleção Atelier L’eclat.

12767711_1174902545854070_432234896_n.jpg

12804353_1174901899187468_585787968_n.jpg

 

LANÇAMENTO COLEÇÃO VERÃO 2016

Mais um lindo modelo do ateliê L’éclat, para a coleção verão 2016. O macaquinho em crepe, com costas nuas e manga flare, é cool, é prático, é hi-lo, é sexy, é discreto…. É um mix de características que fazem dele uma das peças desejo e atemporal desta coleção. Da uma espiada no post que fiz, sobre a diversidade e praticidade de se ter o macacão como peça “chave” no seu closet.

Credito Feldens Photos (@feldensphotos) Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos)
Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos) Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos)
Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos) Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos)
Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos) Acessórios Rita Neves (@superrita_)

Credito Feldens Photos (@feldensphotos)
Acessórios Rita Neves (@superrita_)